segunda-feira, 16 de março de 2009

Doce de abóbora com coco



Torta de abóbora com canela e gengibre é um prato para quando se está triste. Faça primeiro uma massa com uma xícara (de chá) de farinha de trigo, meia de margarina, três colheres (de sopa) de água fria e um pouquinho de sal marinho moído. Para o recheio, meio quilo de abóbora cozida, creme de leite fresco, dois ovos, gengibre ralado, açúcar mascavo, canela em pó e noz moscada. Ponha ainda dez cravos-da-índia. abra a massa em uma assadeira e encha com o recheio, colocando tudo no forno por exatos trinta e cinco minutos e meio. Um conselho: coma a torta com sorvete de natas em um prato vermelho.

Este texto saboroso faz parte do livro de Maria Esther Maciel, professora na Letras e autora deste: O livro de Zenóbia e de outros bons textos. Zenóbia gosta de cozinhar e suas receitas são pura poesia.

Doce de abóbora com coco

Descasque uma abóbora tipo moranga e cozinhe em água com uma colher de açúcar. Depois, amasse a abóbora com um garfo e coloque-a em uma panela para cozinhar junto com uma xícara e meia de açúcar e um pacote pequeno de coco ralado. Vá mexendo bem. Cuidado para não se queimar! O doce espirra. Quando começar a desgrudar do fundo da panela, já está pronto. Acrescente alguns cravos da índia e mexa. Depois de frio, coloque em uma bonita compoteira, salpique canela em pó e leve para gelar.

Este doce está nas receitas de memória. Era Vovó Juracy que fazia, delicioso! É fácil de fazer, o difícil é descascar a abóbora, com aquela casca verde e dura. Descobri uma maneira mais fácil: Cozinho com casca e tudo e depois tiro a polpa com uma colher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu tempero aqui: