segunda-feira, 25 de março de 2013

As ensinanças da dúvida


                                                                                                      
Hoje fui à uma banca de defesa de doutorado e foi tão bonito, tantos sentimentos bons de carinho, ternura, gratidão e a certeza de muitos dali da importância do trabalho nos caminhos da formação humana. De um dos amigos que estavam presentes ouvi:


As ensinanças da dúvida

Tive um chão (mas já faz tempo)
todo feito de certezas
tão duras como lajedos

Agora(o tempo é que fez)
tenho um caminho de barro
umedecido de dúvidas

mas nele (devagar vou)
me cresce funda a certeza
de que vale a pena o amor

Thiago de Mello

Não, não tenho caminho novo, o que tenho de novo é o jeito de caminhar.

eu, que há tempos, muitos, não lia Thiago de Mello, fiz minha essa frase acima.