quinta-feira, 27 de outubro de 2011

RECEITAS DESTA SEMANA NA RÁDIOCOM 104,5FM

As receitas desta semana na Radiocom, saíram do meu livro: Memória Culinária: Coisa de Vó. A primeira, é uma receita prática e saborosa. Gosto de preparar pratos únicos e pra acompanhar uma salada e folhas verdes variadas; alface roxa, verde, americana. Tempero tudo com azeite e sal e é uma perfeita refeição! Meu filho adora essa lasanha e já sabe preparar o molho que também pode servir pra outras massas: penne, espaguete, talharim, fica a seu gosto.

Aí vai:

LASANHA DE FRANGO AO MOLHO BRANCO

Ingredientes:

1 peito de frango grande temperado, cozido e desfiado
1 lata de milho verde
meio litro de leite
1 colher de sopa bem cheia de maisena
1 cebola pequena picadinha
1 colher de sopa bem cheia de manteiga
1 lata de creme de leite ou duas caixinhas
1 pacote de massa de lasanha pré-cozida
300 gramas de mussarela ralada em ralo grosso
Salsinha fresca picadinha e uma pitada de noz moscada ralada]

Modo de preparo:
Coloque a manteiga e a cebola numa panela e deixe a cebola
dourar em fogo brando. Acrescente o leite e a maisena já dissolvida
no leite. Vá mexendo até engrossar. Misture o peito de frango desfiado
e o milho verde sem a água. Coloque a salsinha picadinha e a pitada de
noz moscada. Prove e tempere mais se desejar. Desligue o fogo e acrescente
o creme de leite.
Molho pronto, agora é só montar a lasanha. Pegue um refratário, coloque
uma camada de molho, uma de massa outra de molho e mussarela e faça isso
até terminar o molho. Cubra com mussarela e leve ao forno para gratinar
a mussarela. HUmmm...bom dimais da conta, sô!



A outra receita do livro, é de uma grande amiga com quem adoro partilhar a cozinha. Ela preparou esse lombo num encontro em sua casa num dia claro de domingo, há alguns bons anos cá nas Minas Gerais. Minha amiga continua gostando muito de cozinha, virou banqueteira e faz deliciosos legumes desidratados. E eu que estou nesses dias passeando por aqui, minha terra natal, matando as saudades dos meus amores e amigos, preparando mais livros para levar ao sul, já nos encontramos e fizemos comida um dia inteiro e uma bacalhoada perfeita! Dia desses vou postar a receita por aqui com direito a imagens de deixar qualquer um com água na boca. Bom, chega de prosa e vamos à divina receita:

LOMBO AO MOLHO DE ABACAXI COM HORTELÃ E DAMASCOS

Ingredientes:

Lombo de porco de mais ou menos 2 quilos
Fatias de um abacaxi
200 gramas de damascos secos
12 dentes de alho
Um ramo de hortelã pequeno e galhinhos de alecrim
suco de um limão e sal
azeite para dourar

Deixe o lombo marinar por quarenta minutos a uma hora no suco de limão com sal.
Depois, doure o lombo em uma panela grande com um pouco de azeite e as cabeças de alho amassadas em pilão. Doure o lombo pelo menos duas vezes de cada lado.
Pegue uma travessa refratária ou um tabuleiro e unte com azeite e coloque o lombo.
Bata no liquidificador metade das fatias de abacaxi com o ramo de hortelã já lavado.
Despeje metade desse molho sobre o lombo e leve para assar em forno médio-alto embrulhado em papel alumínio. Após vinte minutos, vire o lombo, despeje o restante do molho, retire o papel alumínio e deixe assar por mais 40 minutos ou o tempo necessário de acordo com o seu forno pra que a carne fique macia e dourada.
Quando estiver assado e dourado, retire do forno, pique os damascos ao meio e enfeite
o lombo. Junte também o alecrim que dará um perfume especial à carne de porco.

Bom apetite!!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

PÃO DE ERVAS

Sou apaixonada por pães!! Eu e milhões de pessoas, né? De todos os tipos, de sal, de doce, integral, comum, recheado, sem recheio. Com cobertura, sem cobertura, com grãos e aveia... Pão é mesmo um alimento abençoado! Acompanha vários pratos, é versátil, pode ser torrado pra acompanhar patês e pastas, esmigalhado para uma farofa ou uma salada, enfim, uma maravilha!
Quando feitos em casa, o cheiro a invade e é inebriante! Tenho uma máquina de fazer pães e as vezes, a noite, coloco os ingredientes e programo pra assar pela manhã, é muito gostoso acordar com um cheiro de pão fresquinho pela casa! AMO PÃO!! Então, bora pra cozinha preparar essa receita que foi ao ar hoje na Rádiocom 104,5FM, Pelotas, RS!


PÃO DE ERVAS

Ingredientes;

1 colher e 1/2 de sopa de fermento biológico
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
1/2 xícara de leite morno
3 colheres de sopa de farinha de trigo

Prepare essa parte, que é o fermento do pão: Dissolva o fermento no sal e no açúcar, acrescente o leite morno e misture as 3 colheres de farinha de trigo. Deixe crescer.

3 xícaras de água morna
1/2 xícara de cebola crua picada
1 dente de alho
1 1/2 colher de sopa de margarina
1 ovo
1 colher de sopa de orégano
2 colheres de sopa de manjericão
1 quilo de farinha de trigo

Bata no liquidificador a água, a cebola, o alho, a margarina e o ovo. Junte a mistura do liquidificador ao fermento crescido. Acrescente o manjericão, o orégano e a farinha de trigo, aos poucos, até que a massa se solte de suas mãos. Sove bem. Modele os pães e deixe crescer até que dobrem de tamanho. Asse em forno quente até que dourem.


Assim que saírem do forno, prepare um café ou um chá, arrume bem a mesa de lanche com uma toalha bonita, um vasinho com flor, xícaras bem escolhidas e um bom pote de manteiga ou requeijão. Nossa... ninguém vai querer sair dessa mesa... rsrs...
Boa prosa e bom apetite!!!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

HAMBURGUER DE ABOBRINHA

Hoje a receita que foi ao ar nas ondas da Rádiocom 104,5Fm é econômica e pra quem não come carne ou, quem deseja incrementar o almoço!
Anote aí:

HAMBURGUER DE ABOBRINHA

Ingredientes:

4 xícaras de abobrinha tipo italiana ralada
2 dentes de alho
1 colher de sopa de maionese
8 colheres de sopa de farinha de trigo
6 colheres de sopa de farinha de rosca
Sal e salsinha a gosto
6 colheres de óleo de girassol para fritar

Modo de preparo:

Rale a abobrinha no ralo grosso, tempere com o alho e a salsinha.
Junte a maionese e misture. Acrescente a farinha de trigo, a farinha de rosca
e o sal. Misture. Com essa massa, modele os hambúrgueres. Frite o hambúrguer
dos dois lados em frigideira com óleo suficiente para não grudar.
Não gastamos nem dois reais com os ingredientes e rende dez hambúrgueres _ ô palavrinha feia, essa, viu?

Humm, como disse o meu amigo Zé Luiz, essa receita vai bombar!!! rsrs...:)

Uma dica: você pode trocar a abobrinha por cenoura ralada.

sábado, 15 de outubro de 2011

PARABÉNS PROFESSORES!

Hoje comemora-se o dia do professor. Parabéns é pouco pra desejar a esse profissional, onde também me incluo,um dia especial, um dia feliz, um dia com a sua família, com os seus amigos, um dia de descanso das salas de aula. Esse profissional que a sociedade acredita que deve ser mais valorizado e que o estado brasileiro não o faz. Professores são mal pagos, desrespeitados e desvalorizados pelos governos. Um país onde a educação vem sempre em segundo, terceiro plano, sei lá em que lugar estamos. A ganância desses políticos, banqueiros e empreiteiros não nos deixa desenvolver onde mais necessitamos: na educação. Numa educação para fazer pensar, para fazer sonhar, que os sonhos não envelhecem... numa educação que modifique a realidade desse país. A pequena imagem dos gatinhos é só uma sensação de aconchego, afago e carinho pra nós.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

BALAS DE COSTUREIRA



Antigamente, nos tempos da minha avó, não havia essa quantidade de balas e doces pras crianças, com tanta variedade de sabores, corantes e... conservantes. As balas eram feitas em casa, balas e pirulitos de melado, de açúcar e as vezes, um pouco de mel, umas gotas de menta ou baunilha e as mães ou avós mais criativas, colocavam um colorante, pra dar alegria às balas e encher os potes de vidro ou as mãos das crianças. Sim, sim, também havia as balas brancas de coco, aquelas que davam um trabalho danado de puxar e depois da massa esticada que tinha um brilho meio perolado, cortar os quadradinhos e esperar secar. Haja braço pra esticar as balas delícia!! Tradição que ainda resiste e vemos aos montes sendo vendidas em feiras e mercados. Que bom! Agora elas tem recheios de doce de leite, chocolate, nozes, morango, enfim, uma variedade de sabores pra acompanhar o "mercado" de guloseimas.

Hoje, a receita que foi levada ao ar na Radiocom 104,5 FM é "das antigas". Eu que me encanto pelas tradições e modos de se preparar comidas, tirei esta receita de um livro que amo de paixão e é minha "bíblia" em livros de receitas culinárias: Fogão de Lenha, de Maria Stella Libânio Christo. Este livro é especial por diversos motivos, primeiro porque meu exemplar tem uma dedicatória da autora, segundo porque ela é um doce de pessoa, uma vovó de cabeça branquinha, terceiro porque ela é uma referência quando se fala em comida mineira, quarto porque tive a rara oportunidade de conversar com ela numa tarde de maio, dia de santa rita, enfim, este livro tem meu carinho e apreço e eu poderia enumerar vários graus de importância dele. De lá retirei a curiosa receita de:

BALAS DE COSTUREIRA

E o nome é curioso porque o modo também o é. Veja

Você vai precisar de:

2 colheres de mel
meio quilo de açúcar
2 copos de água

Levar essa mistura ao fogo e mexer até dar o ponto de bala, que é quando gruda na ponta dos dedos, ou quando você joga um pingo dentro de um copo d'água e ele bóia.

Pegue um tabuleiro e encha esse tabuleiro com açúcar cristal, altura de 2 cm.
Pegue um dedal de costura limpo e faça diversos furos no açúcar. Derrame lentamente a calda nos furos e deixe esfriar. Depois de frio, balance o tabuleiro para que as balas se soltem. Você pode embalar em papel celofane colorido e distribuir pra criançada ou lembrar os velhos tempos e colocar num pote de vidro bem bonito e oferecer às visitas!




As imagens que você está vendo aqui foram feitas durante o Piquenique Cultural aniversário de 1 ano que aconteceu no último domingo na praça coronel pedro osório aqui em Pelotas. O evento reúne artistas de todas as áreas e retoma um hábito antigo e simples de se colocar a toalha na grama da praça, reunir família e amigos em torno de comidinhas e se divertir.
Beatriz Rodrigues, é historiadora e fotógrafa, moça de Rio Grande, que possui um olhar sensível pras coisas e pessoas. Escolhi essas imagens que ela capturou, pra seguir homenageando as crianças, essas figurinhas incríveis, estrelas que transformam as nossas vidas e que têm enorme poder nesse mundo. Viva as crianças!!! Viva, viva, viva!! :)



Você pode conferir o trabalho da Beatriz neste link: http://www.flickr.com/photos/bigatrice

terça-feira, 11 de outubro de 2011

LEVEM AS CRIANÇAS PRA COZINHA!

Amanhã, dia 12 de outubro, comemoramos o dia das crianças e de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil!

As receitas selecionadas pra Radiocom 104,5FM nesta semana serão em homenagem às crianças. E elas podem ir para a cozinha preparar essa receita de sorvete. Vão ficar surpresos com o ingrediente principal: Beterraba! Se as crianças da sua casa não comem beterraba(o que é uma dó, porque a beterraba é uma maravilha para o sangue e a circulação, além de ser docinha), prepare uma surpresa, porque elas vão se encantar com a cor e o sabor desse sorvete!

Fácil de fazer e rende 1 litro de sorvete.

SORVETE SURPRESA

Ingredientes:

Beterraba crua ralada 3 xícaras
açúcar 1 xícara
água 1 xícara
leite em pó 1 xícara
creme de leite 1/2 lata ou uma caixinha

Modo de preparo:

Leve ao fogo a beterraba ralada, o açúcar e a água. Na hora de mexer no fogão, melhor que seja você a preparar, nada de criança brincando com fogo!
Deixe cozinhar até formar uma calda grossa. Retire e bata no liquidificador com o leite em pó e o creme de leite.
Leve ao congelador por, no mínimo, 8 horas para servir.

Sirva acompanhando uma fatia de bolo de baunilha. A criançada vai adorar.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

ANIVERSÁRIO PIQUENIQUE CULTURAL



ôba!!! Tem festa de aniversário do piquenique na praça no domingo! Dia 09 de outubro é um dia muito especial pra mim, há 24 anos atrás eu dava a luz ao meu filho. Esdras é lindo, por dentro e por fora.(ô mãe coruja...) este ano será o nosso primeiro ano de aniversário que passaremos separados. Sempre comemoramos esta data nem que fosse só com um bolinho(num é que os bolinhos me acompanham? rsrs...:)
Neste domingo, vou comemorar o seu aniversário, mesmo fisicamente distante, em uma festa especial, o aniversário do piquenique cultural e vai ter muito bolinho, doces e chocolate! êba!!! Viva a vida! Viva o meu filho, vida longa, amor, saúde, paz, alegrias, harmonia e tudo de bom que a vida lhe oferecer!
O piquenique cultural é um evento que mistura todas as artes; literatura, artesanato, artes visuais, teatro, dança, cinema, música, e claro, gastronomia! Piquenique tem que ter lanchinho! Cá estou eu participando de mais uma edição do piquenique levando bolinhos deliciosos, chocolate quente e acompanhada de uma amiga que prepara licores diversos.
A festa vai acontecer na praça coronel pedro osório bem no centro da cidade de Pelotas, uma praça rodeada de prédios históricos belíssimos.
Sintam-se convidados a participar desta festa! Neste domingo, a partir das 14:00 o CoisdiVó estará lá marcando presença e temperando com gostosuras a tarde de domingo! Levem as crianças, tem atividades de pintura e muito espaço verde pra correr e brincar!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

BOLO DE ABACAXI E COCO

A receita de hoje na Radiocom 104,5FM é pro fim da tarde.
huummm...já posso sentir o cheiro desse bolo saindo do forno. Abacaxi com coco é mistura certa para ficar delicioso! Receita do livro Na cozinha com Dona Cora lá de Minas que comemorou 80 anos e os filhos resolveram compilar as receitas num caderninho muito simpático com jeitinho de boas memórias e gostosuras! Design do meu amigo Domingos Sávio, filho de Dona Cora.

Anote aí:

BOLO DE ABACAXI E COCO

Ingredientes:

1 xícara de chá de abacaxi bem picado
1 xícara de chá de coco fresco ralado
1 xícara de chá de manteiga
1 colher de chá de sal
1 lata de leite condensado
2 ovos
1 colher de chá de baunilha
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de fazer:

Misturar em uma panela, o coco, o abacaxi, a manteiga e o sal e levar ao fogo
mexendo sempre até levantar fervura. retire do fogo, deixe esfriar e misture o leite condensado. Acrescente os ovos batidos, a baunilha e, por último, a farinha de trigo peneirada junto com o fermento. Misture bem e coloque a massa em um tabuleiro forrado com papel impermeável e untado. Leve ao forno quente para assar por 35, 40 minutos.
Deixe esfriar, desenforme e corte em quadradinhos.

Dica minha: enquanto o calor não chega, acompanhe este bolo com um chá de melissa bem quentinho. é pra comer rezando... e depois relaxar...