quarta-feira, 3 de junho de 2009

600 visitas!

Que delícia, inteiramos 600 visitas hoje! Fico imensamente feliz com o passeio de vocês todos por aqui. Este espaço é destinado aqueles que gostam de boa comida, de artes e literatura. Segue então uma receitinha e um pequeno texto pra nós, já que um pouquinho de arte quase todos que passam por aqui já fazem:)
Ah, e querendo partilhar, melhor ainda. O blog memoriaculinaria existe pra isso, pra quem gosta e pra quem deseja compartilhar estes prazeres! Falando em prazer, a receita que se segue está no capítulo 3 intitulado: A pele, no livro de Márcia Frazão, amor se faz na cozinha. Pra começar a entrar no clima de dia dos namorados, tá? Bjus:)

NÉCTAR DE AFRODITE
Ingredientes
8 filés de peito de frango
2 colheres de sopa de farinha de trigo
2 ovos
200 gramas de castanha de caju, tostadas e picadas
3 mangas(rosa) fatiadas
manteiga, sal e pimenta do reino a gosto
Modo de fazer
Tempere os filés de frango com sal e pimenta do reino. Depois passe-os na farinha de trigo e, em seguida, nos ovos batidos e nas castanhas picadas. Se for necessário, use mais farinha, ovos e castanhas para empanar os filés. Frite-os na manteiga, tendo cuidado de doura-los uniformemente. Retire os filés da frigideira e mantenha-os quentes. Passe as fatias de manga na frigideira que já foi utlizada para a fritura dos filés, mas, apenas ligeiramente, só para esquentá-las. Arrume os filés numa travessa bem bonita e coloque as fatias de manga sobre eles.

MODO DE INSINUAR
No terceiro dia de lua cheia, Vera costumava preparar esse prato para o amado. Dizia que ele tinha o dom de jorrar os líquidos do amante e transforma-lo num bichano ávido por carícias.Antes de servi-lo, ela o incrementava com um delicado ritual. Enchia uma enorme bacia prateada com água, uma xícara de chá de mel e dois litros de leite de cabra. Depois se banhava com esta mistura, perfumava-se com água de laranjeira e vestia um vestido cor-de-rosa. Calçava suas sandálias e depois colocava os filés numa marmita. Saía rebolando o mar nas ancas, deixando no ar um cheiro de maresia. Só voltava no dia seguinte. Dessa vez, trazendo o aroma de uma mangueira em flor...
Decore o ambiente com flores de laranjeira(se não as conseguir, substitua-as por óleo essencial de flor de laranjeira), rosas rosadas e velas brancas. Espalhe mangas e rosas sobre a mesa e, se tiver a sorte de consegui-los, jante ao som dos discos de Carlos Gardel.


Depois, nem me contem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu tempero aqui: