quarta-feira, 21 de novembro de 2012

BOLO DA MINEIRA

No Nativismo sem Fronteiras de hoje, no momento da receitinha culinária na RádioCom tivemos a presença mineiríssima de Rosaly Senra, minha amiga nascida em Congonhas e autora de três livros; um infantil lançando em 2011 chamado "Otto", o "Em busca de cerejas", um relato de viagens do caminho de Santiago de Compostela, onde ela conta dos 800 quilômetros e as histórias dessa caminhada e o livro "Quitandas de Minas", que será lançado, já a segunda edição, nesse próximo dia 25, domingo, aqui em Pelotas, no Piquenique Cultural.
Foi no lançamento da primeira edição do Quintadas de Minas que conheci Rosaly e não nos desgrudamos mais, muitas afinidades em torno da comida, da literatura e das tradições familiares em torno da culinária. Já falei dela outras vezes aqui, mas vale relembrar:
Rosaly Senra é jornalista, escritora e radialista, comanda o programa Universo Literário diariamente na Rádio UFMG, onde ela entrevista vários escritores e divulga livros do Brasil inteiro. Rosaly está em férias e veio nos visitar e conhecer a cidade de Pelotas. Um prazer e uma alegria pra nós tê-la conosco. Com sua visita por aqui e seu livro "Quitandas de Minas" segunda edição, a receitinha  que foi ao ar hoje na RádioCom é uma das mais de 200 receitas dele. Anote aí:

Bolo da Mineira

Ingredientes:

4 xícaras de farinha de trigo integral
3 xícaras de rapadura raspada ou açúcar mascavo
1/2 xícara de castanha-do-pará
1 xícara de passas
1 colher de chá de bicabornato de sódio
1 colher de sopa de fermento em pó
3 laranjas inteiras (tirar a casca e as sementes)
3 ovos inteiros
1 xícara de margarina
2 colheres de sopa de óleo

Modo de preparo:
Misturar numa vasilha a farinha de trigo - peneirada com o bicarbonato e o fermento - o açúcar mascavo, a castanha-do-pará e as passas. No liquidificador, bater as laranjas picadas, os ovos, a margarina e o óleo. juntar os ingredientes do liquidificador aos da vasilha. Misturar bem, batendo um pouco. Colocar em forma untada e polvilhada com farinha de trigo e levar para assar em forno quente por aproximadamente 30 minutos.

 Trem bão dimais da conta, sô!! né, não? beijus, beijus, até uma próxima receita!

2 comentários:

  1. Bão d+ é poder estar em Pelotas e conhecer tanta gente interessante, estar com amigos, porque, plagiando o poeta Amigo é o melhor lugar!
    Gracias June e Daniel por me receber tão calorosamente.

    ResponderExcluir
  2. Rosaly querida, nós ficamos muito felizes também em te acolher no apêquinininho cá do extremo sul do Brasil !!

    ResponderExcluir

Coloque seu tempero aqui: