quinta-feira, 9 de julho de 2009

dia de apagar as velinhas

Amanhã, dia dez de julho comemoro mais um ano de vida. Já vivi tantas coisas, hoje mesmo, quando fui ao supermercado muito rapidamente bem na hora do almoço porque havia me esquecido de um produto(e acabei comprando outros: precisava de óleo de girassol, daí vi uma promoção de linguiça de boa marca, peguei meio quilo. Como ia refogar o feijão, pensei que podia ter uns pedacinhos de bacon, coloquei no carrinho, lembrei da couve que já estava picada e de molho, decidi fazer também um angu pra acompanhar o menu e busquei na prateleira o fubá, enfim, saí de lá com mais peso na sacola que o esperado. No caixa, conversando com a funcionária, ela me disse que destesta comer feijoada com pedaços de pé e orelha de porco. Concordei na hora com ela. E quando a gente ainda encontra uns pelinhos? Argh, que horror!) que parêntesis longo, meu deus!
Disse tudo isso pra falar que encontrei uma velha conhecida - não, ela não é velha - nos conhecemos na época em que eu fazia pesquisas de mercado, antes de ser promotora de vendas da parmalat(ou foi depois?) A memória as vezes me prega algumas...
Mas, a Fátima estava no mesmo caixa que eu e quando a vi, nem titubiei: Fátima? Junelise!!! Nos demos um longo e carinhoso abraço! Que bom! E que bom recordar um pouco desse período da vida, dos ikebanas feitos no escritório(nossa chefe era da igreja messiânica), dos inúmeros telefonemas, das pesquisas de automóveis, produtos de limpeza, farmacêuticos, pesquisas de opinião, enfim, já fiz um bocadinho de coisas, já plantei árvore, que segue crescendo em meu jardim, já tenho um filho lindo(lindo mesmo!)e já escrevi livro, que talvez não seja o único, nem o filho, nem a árvore. Quero continuar plantando sementinhas por esse mundo. Sementes de amor, de amizade, de tolerância, de compreensão, de delicadeza. E mais que isso, quero aprender a cultivá-las. O parabéns é pra mim amanhã e desde já quero partilhar com todos a felicidade de estar aqui, de estar viva! Amo todos vocês; mãe, tios, filho, marido, amigos, os colegas dos diversos trabalhos onde estou envolvida, minhas plantinhas e pinturas, o céu, a lua, as estrelas, o sol, amo a vida!!!! E sigo feliz! Que deus me abençõe e que eu siga plantando e colhendo bons frutos desse amor!

Deixo esta maravilha de presente pra nós:

POÉTICA

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste, a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço.
- Meu tempo é quando.

Vinícius de Moraes

2 comentários:

  1. Que bom que entrei aqui bem no dia do seu aniversário! E ainda por cima tive o prazer de ler este texto tão bonito!
    Parabéns e pessoas como vc com certeza plantarão e deixarão mtas sementinhas boas por ai!
    Bjos, Glau

    www.blogquitandoca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Tem que comemorar com bolo de chocolate.

    Bjo

    ResponderExcluir

Coloque seu tempero aqui: