segunda-feira, 6 de julho de 2009

Um pouco mais de boa poesia

Esta que coloco aqui para nós hoje, é de um novo e bom amigo, que faz parte do grupo no curso que estou fazendo no sebrae. Ernesto tem a língua inquieta e sorriso aberto. E é dado às palavras. E eu, como vocês, estou conhecendo agora o seu gosto em brincar com elas. A postagem de ontem tinha a intenção de inspirar amigos a deitar seus textos aqui. Parece que deu certo:)

CURV-ETAS


Nada deve ser tão reto...

Que ofusque as curvas do caminho.
Que sufoque os sonhos
do velho ou do menino.
Que enxergando a noite,
não permita ver o dia.
Que cale prosas,
o verso e a poesia.
Que não suporte o amor,
a candura e a fantasia.

As retas são amigas das curvas...
Juntas são a razão do caminho.

Se a montanha é curva,
e o horizonte reto,
seja torta a reta do sonho,
bem larga a curva da vida.
Seja bola o sonho do mundo,
bem certeira a trilha da seta,
pouco importa se curva ou reta.

Ernesto Marques

Ah, ele é mineiro, educador, artesão, trabalha com mandalas em cerâmica e também tem um blog: aartenaterra.blogspot.com

2 comentários:

  1. Olá,
    Estas coisas da Vó, são pérolas que também adoro!
    esperemos que nossos filhos tenham também esse amor, e as guardem com o mesmo carinho. Eu tenho a sorte de ter uma filha que gosta muito destas coisas. Ainda bem!
    Visita-me tenho muito gosto em te falar. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo espaço.
    Espero que os visitantes saboreem.

    ResponderExcluir

Coloque seu tempero aqui: