quarta-feira, 20 de junho de 2012

Creme de cenouras Por do Sol

Nossos encontros na Oficina Culinária de Afeto que estão acontecendo aos sábados no Artes e Ofícios Zona Norte seguem exalando cheiros de ervas, emanando gostos por quitutes, temperando nossas conversas, estreitando nossos laços, inspirados pela poesia dos livros, pelas memórias e comidas. Hoje a receita que posto aqui no blog e vai ao ar nas ondas da Rádiocom 104,5FM, é uma receita que recriamos a partir de um livro. Lemos, ouvimos, transcrevemos, reescrevemos a receita, dando nome ao prato.
A minha transcriação da receita a partir do Livro de Zenóbia, de Maria Esther Maciel, livro já diversas vezes citado aqui nesse espaço, ficou com esse nome: Creme de cenouras Por do Sol.
Sim, eu também crio, escrevo, leio e encaderno o meu livreto de receitas, a cada nova oficina, um novo caderno, novas impressões, novas receitas, outras memórias e registros.
O texto lido é uma das oito receitas culinárias de Zenóbia, personagem que herdou da avó as receitas de quitandas, que gosta de flores, de ervas, de criar listas e que dá nome ao livro. Leitura deliciosa e  obrigatória nas minhas propostas de oficinas. Eis o texto para vossa apreciação:




Nas noites insossas, faça uma sopa de cenoura e maçã ao açafrão, não sem antes molhar as mãos em uma taça com suco de limão. Pegue quatro xícaras de caldo de galinha com salsinha, meio quilo de cenouras, uma maçã verde e uma cebola. Doure esta com o açafrão em duas colheres de óleo de canola. Adicione os ingredientes na caçarola e deixe-os cozinhar  por um quarto de hora. Sove-os depois lentamente até se tornarem uma pasta tenra. Leve tudo ao fogo para fervura e tempere com sal e pimenta-do-reino. Sirva em pratos escuros, decorados com espirais de iogurte e tiras finas de cenoura. 


Que me perdoem, Maria Esther Maciel e Zenóbia querida, em extrair de suas poéticas, a medida de uma simples receita. Entretanto, esta receita para mim, jamais será simples, vem acompanhada de ternura, de cores vivas, de sol açafrão, de afeto.
Segue a receita para degustar ao final do dia, junto ao por do sol, aquecendo as noites frias e por vezes, sem tempero, de nossos dias.

Creme de cenouras Por do Sol

Você vai precisar de:

meio quilo de cenouras
uma cebola média
uma maçã verde
2 colheres de chá de açafrão
2 colheres de sopa de óleo de canola
sal e pimenta-do-reino a gosto
4 xícaras de caldo de galinha
um ramo pequeno de salsa fresca picadinha

Pique a cebola em rodelas e, em uma caçarola, doure-a nas duas colheres de óleo de canola junto do açafrão. Coloque as cenouras e a maçã verde picadas em pedaços. Agregue o caldo de galinha e cozinhe por quinze minutos. Sove bem, amassando todos os ingredientes e deixe esse caldo ferver, acrescentando sal e pimenta-do-reino. Prove o tempero. Altere o que mais desejar. Desligue o fogo e coloque a salsa picadinha. Escolha pratos fundos de tons escuros de azul e regue com um fio de azeite.
Buón Apetit!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu tempero aqui: