sexta-feira, 6 de julho de 2012

Filé ao Vinho do Porto e Cebolas Douradas


Esta receita saiu de um livro que outras vezes já citei aqui: Cartas culinárias - papel manteiga para embrulhar segredos. O título por si só já me seduz. Amo livros de cartas e sou adepta de papel manteiga na cozinha, ajuda um monte! Quando encontrei esse pequeno em uma livraria, há seis anos, pesquisava edições que mesclavam gastronomia e literatura e foi uma surpresa, puro deleite. Uma vontade de arrumar logo uma boa poltrona e me deixar levar pela leitura. Ele é mágico, passeamos pelas cartas salgadas e doces de Antônia endereçadas à sua  bisavó Ana. Nelas, Antônia _esse nome me encanta_ conta de sua aventura ao aceitar ser ajudante de cozinha de uma chef durona e cheia de mistérios. A escrita fantástica nos remete a outro livro: Como água para chocolate, de Laura Esquivel, Cristiane Lisboa dedica o pequeno Cartas culinárias à Tita, personagem principal de Como água: Para Tita, que chora água de chocolate quando pica cebolas. 
Na Oficina Culinária de Afeto, recentemente realizada em Pelotas, ele passeou por várias mãos e olhos curiosos, fizemos leituras de algumas cartas em voz alta e nos deixamos seduzir por seus encantos. No Radiola Literária, bloco de literatura da Rádio, no Programa Navegando, fiz um especial de livros sobre culinária e o pequeno livro foi comigo, as receitas inscritas nele são de Tatiana Damberg que mantém um blog recheado de  boas dicas e receitinhas culinárias, chamado: mixirica
Esta foi a escolhida para esta semana que foi ao ar nas ondas da RádioCom, rádio comunitária de Pelotas.

FILÉ AO VINHO DO PORTO E CEBOLAS DOURADAS

Você vai precisar de:
4 medalhões de filé mignon
2 cebolas médias cortadas finas em rodelas
2 xícaras de chá de vinho do porto
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de açúcar
Sal e pimenta do reino a gosto

Use uma frigideira grande para dourar os medalhões com o azeite e frite bem forte em fogo alto, passando os filés na frigideira dos dois lados e colocá-los em uma travessa a parte para levar ao forno em seguida e continuar o cozimento. Na mesma frigideira que usou para a carne, coloque as xícaras de vinho do porto e ferva até engrossar.
Em outra panela, coloque a manteiga e doure as cebolas em rodelas até ficarem  macias, acrescentando o açúcar, misturando bem até ficarem douradas, transparentes e doces.
Retire do forno os filés e cubra com o vinho do porto e as cebolas.
Sirva acompanhando um  purê de batatas com uma salada verde e ervilhas. 

Ou, pode seguir a dica de senhorita Virgínia, a chef-personagem do livro, que diz assim: 

Cozinhe duas mandioquinhas enormes. Esprema e retorne ao fogo. Junte uma colher de sopa de manteiga e quatro de leite. Tempere com sal e pimenta. Sirva como acompanhamento e chore.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu tempero aqui: